Written by  2017-09-29

Projeto SmartBee

(0 votes)

Dentre as culturas vegetais que servem para o consumo humano, 70% dependem de polinização. Na qualidade de principal agente polinizador, as abelhas são essenciais à produção de alimentos para o ser humano e para manutenção dos ecossistemas. 

Contudo, desmatamentos, mudanças climáticas, uso de pesticidas, dentre outros, têm levado a uma grande diminuição na população de abelhas. No que se refere à abelha melífera Apis mellifera, o problema das perdas de colônias tem sido documentado ao redor do mundo e particularmente no Brasil. Este projeto de pesquisa tem como objetivo central determinar parâmetros associados à saúde das colônias visando a polinização agrícola. Através de monitoramento em tempo real e minimamente invasivo, os dados das colmeias e das colônias serão coletados por meio de sensores heterogêneos (e.g. temperatura, umidade, CO2, O2, massa, áudio), conectados em dispositivos de sensoriamento (motes) com rádios embarcados.

Os dados serão armazenados em uma nuvem computacional e acessados remotamente via Web. Os dados serão analisados com técnicas de classificação a fim de caracterizar a saúde e a capacidade de polinização das colônias para melhorar a polinização em culturas alimentares. Esses dados também permitirão que o apicultor obtenha uma visão muito mais abrangente das condições da colônia, prevendo enxameação por abandono. Os estudos de campo serão realizados inicialmente no apiário da Universidade Federal do Ceará (UFC) e, posteriormente, em áreas silvestres e agrícolas (ambiente de polinização real). A equipe de pesquisadores é multidisciplinar e atua nas áreas de Teleinformática (área predominante) e de Zootecnia (área correlata) na UFC.

socialshare

share on facebook share on linkedin share on pinterest share on youtube share on twitter share on tumblr share on soceity6

Quer nos conhecer? Entre em contato conosco, será um prazer conversar com você!

contate-nos

Português (Brasil) | Inglês (EUA)